whos.amung.us

terça-feira, 17 de maio de 2011

Relatos de sensitividade

Não há nada criado pelo homem que possa definir o que Deus criou e o que carregamos aqui na nossa alma. Desde criança posso sentir com a alma o que é invisivel aos olhos da materialidade. Ainda não consegui usar essa energia para fazer bem aos outros e muito menos a mim mesma, desabafo...
Eu sinto a energia que invade minha alma vindo de outras pessoas...como se uma música tomasse conta de mim...musicas boas...ruins...de tudo. E o pior é sentir a energia das pessoas que você mais sente carinho, eu nunca gostei de ver as pessoas sofrerem, por mais que hoje em dia aceito mais o sofrimento como aprendizado mas é complicado pra minha alma se sentir bem vendo sofrimento no meio dessa corrente de amor.
*
Por um momento parei
Orei
E vi através de um véu enigmático
A presença duma força contagiante
Por onde andava, mes amis?
Não sei
Tudo é o Mistério
Acreditei 
segui em frente
mesmo sabendo que poderia cair
Caí 
me desabei
e vi que eu era simplesmente
 aprendiz 
E pedi a Ele:
Me ensina ser feliz?
Prontamente vi que a felicidade 
sempre esteve presente
só eu não via 
achava que pra ser feliz era preciso 
só dar risada
ter muito dinheiro
mas pra ser feliz é preciso 
experimentar a tristeza
ver o sofrimento dos que a gente ama
e oferecer tua mão aos caídos

Quero toda a luz que vim aqui na terra buscar...

Um comentário:

Lika FRÔ disse...

Que lindo! Eu precisava muito ter lido isso hoje, obrigada :)