whos.amung.us

segunda-feira, 14 de março de 2011

Ampulheta


Enquanto isso...
pensei em desistir
pensei em me lesar
pensei em me corrigir
pensei em me acorrentar
pensei que não conseguiria
pensei que minha poesia não valia a pena...
e pensei sofrendo em tudo isso
Daí vi que a alegria de viver 
era ser mais eu
era conseguir saber quem eu sou
e se fosse pra fazer algo "errado" que fosse sabendo que 
mesmo errado valeria a pena.
Espero que eu não me abandone mais
porque quem não sabe o que procura...
não entende quando encontra.
O tempo sacode a poeira 
Ou ao invés disso faz-se ampulheta
grão por grão vão se juntando e,
as imagens de cada grão fazem vida à imagem viva de cada grão.
Que sempre foi vida...mas eu não tinha visto.


2 comentários:

Jéssica Marques disse...

'e se fosse pra fazer algo "errado" que fosse sabendo que
mesmo errado valeria a pena.'

Eu estou neste impasse agora, e sei o quanto é difícil escolher.

www.fleur-du-matin.blogspot.com

Fogo disse...

O saber que se é perdido não sabendo o que realmente deseja, a dúvida, é cruel. Mas nunca saberemos a real se não encontrarmos e ver realmente, passar por inusitadas situações para assim descobrir.
O risco é inevitável, basta ter força de vontade para ir até o fim. Vida é entender a si mesmo em harmonia com o meio que se vive.