whos.amung.us

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Ensaio da quinta ensolarada


Nessa vida inesperada
Um dia vida, um dia morte e mais um dia...vida de novo
Inesperados cantos de paz e de esperança
Onde mais se vive assim?

Vivacidade

Viva a cidade
Viva a idéia

Sente-se e aguarde tua exposição
Hoje mesmo, não tenho um caminho traçado pra uma poesia
Um poema bem feito nasce do coração.

Te vi aí, com seu olho morteiro
E pensei comigo, que felicidade tu te permites?
Pense você...um homem tão lindo assim
Defronte a uma nuvem tão espesssa de amarguras
Não combina o símbolo proposto com a dramaturgia inserida

Novela mexicana
Melhor mesmo é tequila!

Instaurada a um lado de você
Eu estou
Estou no coração abstrato
Estou na sua não aceitação
Estou na alegria que vc protesta
Já sou parte viva da tua história

Uma parte de mim duvida sobre essa paz que sigo
A outra parte nunca sairia desse estágio
Segurança que nunca tive,
Por mim mesma se fez viva

Vida...ó vida
Melancolia uns dias
No outro um emaranhado de algo realmente vívido

E aí me diz palavras lindas
E com um sorriso te faço feliz!

Nenhum comentário: