whos.amung.us

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Quero ser ... liberdade



Ontem me senti triste, amarrada...sem armas, sem forças, sem fé. Acho que senti pra ver o quanto não sou assim. Hoje me senti mal por ter sentido isso. Por ter soltado palavras que não sinto. Por fingir que não entendo. Eu entendo! E não quero dar valor pra coisas que não tem valor. Quero compaixão, quero me sentir bem, fazer o bem, mesmo que a intenção do próximo seja me derrubar, quero usar minha paz de espirito que por um momento perdi, mas hoje me sinto bem. E espero sinceramente não ter feito mal. A mim fiz, mas já perdoei. O que eu quero hoje é olhar teus olhos e sentir que isso tudo foi uma brincadeira de mal gosto. Minha. Tua. Dos fatos jogados ao acaso. Das temeridades. O temor só está na insegurança. É o que mais satisfaz o amargo. Tenho nojo. Eu sou muito da paz pra alimentar isso.

Nenhum comentário: